Não-Monogamia Responsável: o que é isso afinal?

Atualizado: 13 de jul. de 2021



A não-monogamia responsável é um contrato relacional em que se permite interações afetivas ou sexuais com parceiros externos ao relacionamento. É também chamada de não-monogamia ética. Chamamos de não-monogamia ética ou responsável quando este processo é conduzido de forma conversada, consensual, cuidadosa e amorosa, levando em consideração os sentimentos e percepções de todos os envolvidos. A não-monogamia responsável é diferente da traição, pois todas as partes envolvidas estão cientes e concordam com a atividade que ocorre fora do relacionamento. Também não podemos chamar de não-monogamia responsável quando este modelo é imposto por um dos envolvidos sem levar em consideração a escolha do parceiro. A não-monogamia responsável exige maior maturidade e costuma envolver muito diálogo e ter regras e condições explícitas que devem ser seguidas para que um dos parceiros busque um comportamento afetivo-sexual fora da relação. As formas mais frequentes de expressão da não-monogamia responsável são a relação aberta, o swing e o poliamorismo, mas apenas quando o processo é conduzido de forma consciente, consensual e cuidadosa com os sentimentos de todos envolvidos.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo