top of page

A monogamia e o controle dos corpos



Há 3 semanas atrás, Neha Paswan, de 17 anos, foi espancada até a morte por membros de sua família no norte da Índia, simplesmente porque eles não gostavam que ela usasse calça jeans.


Em 2020, uma mulher foi assassinada a cada 7 horas no Brasil. 9 em cada 10 delas foram mortas pelo companheiro ou algum parente próximo. Foram notificados ainda 60.460 casos de violência sexual.


O controle dos corpos alheios foi naturalizado pelo patriarcado. A monogamia descende diretamente desta cultura de controlar os corpos dos outros a serviço próprio.


Por isso, como coloca Geni Núñez, “não-monogamia não é sobre quantidade de pessoas que se pega. É sobre não se autorizar a legislar a sexualidade ou afetividade de outra pessoa.”



16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page